Catarata: saiba mais sobre esta condição

O diagnóstico é feito pelo oftalmologista através do exame de biocroscopia, acompanhado de dilatação de pupila. Caso seja constatada a existência da catarata, exames complementares irão definir o diagnóstico.

 Catarata: saiba mais sobre esta condição
24/04/2018
Catarata: saiba mais sobre esta condição

Atingindo mais de 160 milhões de pessoas no mundo, a catarata é considerada a maior causa de cegueira evitável.  No Brasil, são mais de 2 milhões, com 120 mil novos casos todos os anos. Quanto antes diagnosticada e tratada, menores são as sequelas para os olhos.


A doença é caracterizada pela opacidade do cristalino, lente natural dos olhos. Isso causa uma visão nublada, como se os óculos estivessem embaçados. Com a evolução do problema, a pessoa passa a enxergar apenas vultos. Às vezes, o paciente se queixa de perda de contraste das cores, e troca frequentemente os graus dos óculos.


A causa mais comum da catarata é a senil, ou seja, o envelhecimento natural do cristalino ao longo da vida. Mas existe também uma forma mais rara da catarata, a chamada congênita, quando o bebê já nasce com a doença. Além dessas, existem também causas secundárias, como o uso de corticoides, doenças metabólicas, diabetes, uveítes, traumas e exposição excessiva à radiação ultravioleta.


O diagnóstico é feito pelo oftalmologista através do exame de biocroscopia, acompanhado de dilatação de pupila. Caso seja constatada a existência da catarata, exames complementares irão definir o diagnóstico. O tratamento é realizado através de cirurgia, pois não existem colírios ou qualquer outro tratamento clínico para a correção do problema. A cirurgia consiste na remoção do cristalino e aspiração do núcleo, com implante de lente intraocular.


Fonte: http://www.portaldaoftalmologia.com.br/

AGENDAMENTO

!
!
!
!
Cancelar
Selecione uma das Doutoras para agendar seu tratamento!
O agendamento só será confirmado se todos os campos estiverem preenchidos.